Câmara Municipal do Rio rejeita abertura de impeachment contra Crivella

O pedido foi barrado pelos vereadores por 29 votos a 16. Crivella era acusado oferecer supostas vantagens a fiéis de sua Igreja, como prioridade em cirurgias no SUS e isenção de IPTU aos templos