Bolsonaro tem quadro estável e sem previsão de alta da UTI, diz hospital

De acordo com a nota, o candidato do PSL recebe analgésicos para controle de dor e não apresentou sangramentos ou outras complicações após o procedimento