Assassinato de professor indígena em Santa Catarina foi por motivo fútil, diz delegado

O professor indígena Marcondes Namblá, 36 anos, foi assassinado a pauladas no primeiro dia deste ano