Ações contra congressistas que não se reelegeram devem perder foro especial

A regra, definida pelo plenário do Supremo em maio, é que o foro especial se restringe a crimes praticados no exercício do cargo e em razão dele.