A partir desta terça-feira (2) eleitores só podem ser presos em casos especiais