Marco Aurélio reforça defesa de urnas