Jungmann: caso está perto do fim