Editorial: Uma crise e duas visões