Editorial: Educação sem amarras