Leitores e Cartas: história apagada