Ato usa cruzes em protesto contra feminicídio