Varejistas terão R$ 200 milhões para capital de giro