Setores que pagam pouco imposto deve aumentar os pagamentos, diz Guardia

Documento da Fazenda mostra que não é possível passar de um déficit primário em torno de 2% do PIB apenas com o corte de despesas