Parentes são os que mais sofrem com calote de inadimplente, revela SPC Brasil e CNDL

No ano passado, 28% tinha débitos com parentes em atraso; esse ano, o número subiu para 38%