Nova lei do distrato é um "absurdo", diz Proteste

Associação de defesa do consumidor é contrária ao projeto de lei que prevê 50% do valor já dado pelo imóvel à construtora como multa para desfazer o negócio