Defasagem na tabela do Imposto de Renda chega a 95,46%

De acordo com a entidade, caso a tabela tivesse sido integralmente corrigida, os contribuintes que ganham até R$ 3.689,93 seriam isentos de IR