Com corte de 21 mil cargos, governo quer economizar R$ 209 mi por ano

Decreto com a reestruturação de funções e gratificações técnicas está previsto para sair ainda este mês