Alimentação fora de casa sobe 3,72%, mas dentro de casa fica 1,37% mais barata

A alta foi impulsionada pelas refeições e pelo avanço nos preços de doces e cerveja