Aérea de azul e Correios deve ter aval do Cade

A nova companhia terá 50,01% da Azul e 49,99% dos Correios