GNV sobe, mas ainda garante economia em Fortaleza