Vaivém: Gália quer investir mais