Egídio Serpa — Vestas: pedra no caminho