Egídio Serpa: venceu o granito cearense