Egídio Serpa: caminhoneiro, o alto risco