Egídio Serpa: A nova fronteira do Ceará