As empresas, cuja maioria do capital pertence ao Estado, deverão investir R$ 365,5 milhões em 2019

Cipp SA, que administra o Porto do Pecém, é uma das empresas cujas ações são de maioria do governo cearense