Washington põe Corte em xeque