Tribunal decide que Reino Unido tem direito de reverter Brexit sem aval da UE

O veredicto reforça o argumento dos opositores do Brexit, mas complica a situação da primeira-ministra britânica, Theresa May