Supremo Tribunal do Egito determina bloqueio temporário do Youtube

A decisão relaciona-se com o compartilhamento de um vídeo considerado insultuoso ao profeta Maomé