Pelo menos 417 feridos no segundo dia de escalada de violência em Gaza

Os protestos que desencadearam a onda de violência foram causados pela instalação da Embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, que passou a reconhecer a cidade como sendo de Israel