Papa recomenda psiquiatria para homossexualidade detectada na infância

O pontífice ainda recomendou aos pais "em primeiro lugar, que rezem, que não condenem, que dialoguem, que deem espaço ao filho ou filha"