Noruega investiga propina em contratos com Petrobras

A suspeita é de que empresas norueguesas teriam pago, de 2007 a 2011, cerca de US$ 14 milhões em propinas