Na Venezuela, 14 já morreram em protestos, aponta ONG

Secretário-geral da ONU pede diálogo e investigação de mortes na Venezuela