Migrantes levam prefeito de Tijuana a declarar crise humanitária

Juan Manuel Gastélum disse que pedirá ao governo federal mexicano e a entidades internacionais assistência para atender aos milhares de imigrantes de países da América Central que chegam à cidade mexicana