Maduro diz que armará 1,6 milhão de milicianos, a maioria sem treinamento

O líder venezuelano, Nicolás Maduro, fez novas declarações agressivas contra os Estados Unidos e os vizinhos Brasil e Colômbia