Macron: 'França não declarou guerra ao regime de Bashar al-Assad'

Macron defendeu ainda a "legitimidade" dos bombardeios contra os três alvos ligados ao programa de armamento químico e afirmou: "Suas capacidades de produção de armas químicas foram destruídas"