Líder de organização racista morre na prisão

Edgar Ray Killen cumpria uma pena de prisão de 60 anos por liderar assassinatos nos EUA