Ex-presidente da Starbucks quer derrotar Trump em 2020

O magnata culpou o governo e a oposição pela dívida americana de 21,5 trilhões de dólares