Dalai Lama sabia de agressões sexuais cometidas por mestres budistas

O líder religioso tibetano fez uma visita de quatro dias à Holanda e se reuniu com vítimas de supostas agressões sexuais