Massacre na Síria deixa 51 mortos

Regime de Bashar al-Assad tenta controlar região ainda dominada por facções opositoras e pelo Estado Islâmico