Mais notícias internacionais: Starbucks reage à onda de indignação