Maduro cogita aceitar ajuda do FBI em inquérito