Incêndio na Sibéria já registra 64 mortes