Atiradora era vegana e tinha raiva do YouTube

Mulher possuía quatro canais na plataforma e reclamava que não estaria recebendo lucros das visualizações