Trabalho infantil nega saúde, educação e formação a crianças

Abusos físicos, psicológicos e até sexuais podam futuro de mais de 73 mil crianças no Ceará