Sem ordenamento, José Avelino segue ocupada por feirantes

Reforma, boxes públicos e fiscalização são insuficientes para quebrar tradição do comércio informal