Reposição de médicos cubanos gera preocupação no Ceará

Para o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems/CE), não há, no momento, condições técnico-operacionais de reposição imediata das vagas ocupadas por cubanos. O Estado deve perder 448 profissionais