Praia do Futuro guarda sérios riscos para banhistas

O importante polo turístico da Capital possui um mar com dinâmica própria, que aumenta as chances de afogamentos. O tripé de responsabilidades envolve banhistas, barracas e efetivo de salva-vidas. A frequência de afogamentos alerta para o cuidado redobrado. Entre 2016 e 2018, foram realizados 1.405 resgates. No mesmo período, quatro óbitos registrados