Três famílias ocupam abrigos improvisados na praça da Igreja Cristo Rei, na Aldeota

Ocupação começou quando o canteiro de obras do Metrô de Fortaleza no local foi desfeito; barraco foi construído com restante de materiais.