Pronto Socorro de Acidentados deve voltar a funcionar após convênio ser firmado

O Ministério da Saúde irá repassar R$ 3 milhões em seis parcelas iguais. A Prefeitura se comprometeu a entrar com a contrapartida de R$ 1,8 milhão para manter a unidade